Organização

Cada coisa em seu lugar! Saiba como aproveitar o espaço interno em seu guarda-roupa

Você está pensando em montar um guarda-roupa planejado ou mesmo fazer uma nova organização no formato do seu guarda-roupa atual?

Hoje em dia há tantas opções de divisórias diferentes quando você está montando o layout e organizando o seu armário, que é bem fácil se perder e não saber nem por onde começar.

Você pode optar por araras, gavetas, prateleiras, casulos, entre outros formatos.

Abaixo trouxemos uma sugestão de layout interno de guarda-roupa bem bacana, simples e funcional, mesclando um pouco de cada uma das formatações citadas acima.

Para ficar mais claro, dividimos cada uma das partes do guarda-roupa em números. Prontos para começar? Vamos lá:

Organizando o guarda-roupa

1- Conhecido antigamente como a parte do “maleiro”. A parte 1 é a parte mais alta do guarda roupa, com acesso mais difícil, então para essa parte nós utilizamos aqui no caso uma prateleira simples deixando uma boa altura do teto do guarda-roupa e nesse espaço organizamos as roupas que não estamos usando no momento. Por exemplo, agora como estamos no verão eu aproveitei para guardar roupas de inverno nessa parte de cima, peças como: luvas, cachecóis, casacos mais pesados, etc.. Já que essas peças não terão utilidade no verão, podem ficar guardadas nessa parte de difícil acesso do guarda-roupa, sem problemas.

2- Essa segunda parte é composta por uma arara e é perfeita para guardar aquelas roupas que realmente precisam ser guardadas no cabide. Nessa parte, acabamos deixando um vão maior entre a prateleira superior e a prateleira que vem abaixo da arara, pois assim, além de camisas e blusinhas eu também poderia aguardar vestidos curtos, que são mais usados no dia a dia, sem que ficassem amassados e dobrados na parte de baixo.

3- Esse terceiro espaço na verdade foi uma feliz descoberta que percebemos na prática, ao utilizar o guarda-roupa no dia a dia. Notamos que “sobrava” ali na prateleira abaixo da arara um vão de alguns centímetros, já que não havia tantos vestidos curtos para serem guardados nessa parte do guarda-roupa, e a grande parte das minhas camisas era mais curta que essa medida total. Esse espacinho acabou surgindo e logo tratamos de aproveitá-lo. Sabe como? Nesse cantinho eu guardo aquelas roupas que estão “semi-limpas”, como aquela camiseta ou calça que você usou só por alguns minutos e logo precisou trocar. Elas não estão limpas o suficiente para irem para a gaveta novamente, mas também não estão sujas o suficiente para irem para o cesto de roupa-suja. Esse espacinho se tornou uma mão na roda no dia a dia!

4- A parte 4 funciona mais ou menos como o formato “casulo”, só que sem as divisórias no meio. Ela é ótima para guardar pijamas, camisetinhas, calças jeans, roupas de ginástica, moletons, entre outros. É incrível a quantidade de roupas que acabem organizadas dessa maneira nesse espaço. Se você tem muitas roupas, esse formato pode ser uma boa opção para você incluir no seu guarda-roupa.

5- A última parte do guarda-roupa é composta por 3 gavetas simples que acomodam calças sociais, camisetas, saias e bermudas que são mais usadas no dia a dia e por isso ficam nessa parte do guarda-roupa em que o acesso é mais fácil. Nas gavetas você também pode acomodar peças íntimas, meias e lenços.

Lembrando que essa é apenas uma sugestão de arrumação que deu super certo para gente aqui em casa, mas você pode ver quais são as suas necessidades específicas, de acordo com suas peças de roupa, e assim montar o melhor layout baseado nas suas necessidades.

2 comentários em “Cada coisa em seu lugar! Saiba como aproveitar o espaço interno em seu guarda-roupa”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *